Oi, gente. ♥


Oi, Rafa! Aqui vai um pequeno post sobre escrita, hábitos de escrita e o que fazer para melhorar a cada dia.


1. Tenha metas realistas



Você quer escrever. Você não tem o hábito de escrever, nunca sequer terminou de escrever um conto. Não adianta de nada colocar metas gigantescas, como escrever 2 mil palavras por dia, se você não tem o costume de fazer isso, né? É na repetição que a gente consegue, então quanto mais você fizer, de pouquinho em pouquinho, você mais cedo chegará no seu objetivo. Seja ele escrever 2 mil palavras por dia ou um romance por mês. 


2. Tente todos os dias



A mesma coisa da repetição vale pra cá. Mesmo que você escreva 100 palavras por dia, 50 que seja! você já vai estar exercitando o cérebro para escrever. Uma ótima dica para complementar essa é: escreva sempre no mesmo horário (se puder). O cérebro meio que tem um método de se acostumar e se "aprontar" para aquela atividade todos os dias no mesmo horário. Então, reserva meia hora do seu dia e abre o word/scrivener. Você vai ver que só de fazer essas coisas você já vai se sentir preparado(a).


3. Leia muito



A gente precisa de gás. Todo carro precisa de combustível. Qual o combustível do escritor? A leitura! Leia de tudo, desde clássicos à contemporâneos, no gênero que você quer escrever ou não. Leia livros de escritores sobre escrita (Stephen King, Sobre a Escrita; Elizabeth gilbert, Grande Magia, etc.). Você vai se sentir numa aula, e com os melhores. O livro do King é incrível, inclusive recomendo.


4. Comece imitando



Uma das lições que aprendi no livro Roube Como Um Artista foi "todo mundo começa imitando". Imitamos nossos heróis, e o herói do escritor é... o escritor. Meu primeiro livro é totalmente uma "imitação" da escrita da Sophie Kinsella, porque eu ainda não sabia quem eu era nesse mundo. É muito fácil se sentir perdido, sem saber a própria identidade quando estamos nesse período de descobrir a escrita. E imitar nossos favoritos é um exercício de autodescoberta. Vamos ver o que funciona e o que não funciona, vamos começar imitando, e no final estaremos fazendo do nosso próprio jeito. 

5. Escreva tudo


Sim, tudo bem, você quer escrever jovem adulto, romance adolescente, terror, thriller... escreva. Mas também escreva não-ficção, escreva drama, cenas de briga, românticas, conflitos, finais felizes, finais trágicos... mesmo que fique terrível, você rasgue o papel e jogue fora, queime pra nunca mais ver... ter feito aquilo pelo menos uma vez vai te fazer ver como você funciona naquele cenário. Eu odeio escrever cena de briga, mas já fiz, só pra testar. E foi horrível, mas existiu um dia. HAHA

Todas essas dicas foram coisas que eu queria que alguém tivesse me dito um dia, quando eu comecei a escrever. Cabeça dura como eu sou, não procurei "ajuda", nem alguém que me ensinasse nada. Aprendi sozinha, mas sei que é muito desorientador não saber pra onde ir no começo. Então espero que tenha ajudado alguém de alguma forma.  


Algumas frases motivacionais (que eu sempre colo na parede em frente ao computador hkjasgas):


"Você não começa escrevendo coisas boas. Você começa escrevendo porcaria e pensando que é bom, e então gradualmente você fica melhor nisso. É por isso que eu digo que uma das características mais valiosas é a persistência ”. - Octavia E. Butler
“Você sempre pode editar uma página ruim. Você não pode editar uma página em branco. - Jodi Picoult

“Comece a escrever, não importa o quê. A água não flui até que a torneira esteja ligada. - Louis L'Amour
“E, a propósito, tudo na vida pode ser escrito, se você tem a coragem de fazê-lo e a imaginação para improvisar. O pior inimigo da criatividade é a insegurança ”. - Sylvia Plath

2 Comentários

  1. Eu amo escrever mas, confesso que não é sempre que estou inspirada e você disse escreva todo dia, essa é a melhor maneira de fazer o cérebro entender que é algo bom e que te faz bem deixar suas emoções num papel. Além de ser um excelente exercício.
    Beijocas.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Renata,
    Post extremamente necessário para quem é escritor. Eu, infelizmente, não escrevo nada, mas o post irá me beneficiar de outras formas.

    bjo
    https://www.imersaoliteraria.com.br/

    ResponderExcluir